Igreja Batista do Pinheiro lança livro sobre fé e diversidade sexual

BARROS, Odja & NASCIMENTO, Paulo. Vocação para a igualdade: Fé e diversidade sexual na Igreja Batista do Pinheiro. Brasília: Novos Diálogos; Maceió: Igreja Batista do Pinheiro, 2019, 258 pp.

A Igreja Batista do Pinheiro é uma comunidade que tem ao longo de sua trajetória de quase 50 anos assumido posições sociais e políticas de vanguarda, quando a maioria das igrejas têm optado pelo caminho da passividade política ou do silêncio cúmplice com políticas e governos contrários ao povo. Foi essa jornada junto aos grupos excluídos e o compromisso com a justiça, a misericórdia e a igualdade, valores caros ao evangelicalismo histórico e a trajetória dos batistas, que levou a Igreja Batista do Pinheiro a iniciar uma caminhada de reflexão e diálogo de 10 anos com a comunidade, resultando, ao final, na decisão de aceitar pessoas de diferentes orientações sexuais como membros plenos na comunidade de fé.

É essa caminhada, não sem obstáculos e dificuldades, que o livro Vocação para a Igualdade: Fé e Diversidade Sexual na Igreja Batista do Pinheiro nos ajuda a compreender. O conservadorismo moral de grande parte das igrejas evangélicas no Brasil, especialmente quando se refere às pessoas LGBTI e seus direitos sexuais, não precisa ser enfatizado para saber que a decisão dessa igreja das Alagoas teria repercussão nacional e sofreria ataques e uma expulsão sumária em tempo recorde da Convenção Batista Brasileira, principal organismo dos batistas no Brasil.

O livro é a narrativa e o olhar dos próprios membros da igreja, de seus pastores/as e teólogos/as, oferecendo as razões bíblicas, teológicas e pastorais de tal decisão. Além desse olhar interno, ele também recolhe as análises externas de organizações e pessoas que têm enfrentado em outros contextos os mesmos desafios, e se tornam assim, testemunhas de uma mesma missão e fé que afirma a diversidade e o amor sem fronteiras, seja aqui no Brasil, na América Latina ou nos Estados Unidos. É por isso que o livro se torna um marco tão importante. Ele contribui para jogar luz nas contradições de uma religião que quer se afirmar como portadora de vida e esperança para todas as pessoas, mas que ao fim e ao cabo continua alimentando o preconceito, a discriminação, a intolerância e o ódio LGBTfóbico.

Na medida em que setores conservadores do cristianismo evangélico permanecem erguendo suas vozes e se mobilizando politicamente para impedir que as pessoas LGBTI e suas famílias sejam plenamente reconhecidas na sociedade, por razão de um olhar bíblico e teológico que desconsidera as contribuições da ciência e das próprias releituras da Bíblia, o lançamento de Vocação para a Igualdade abre uma fresta para que muitas outras comunidades de fé evangélica, ou ainda de outras crenças e religiões, encontrem o mesmo caminho que a Igreja Batista do Pinheiro encontrou, o caminho do acolhimento e da afirmação da dignidade de todas as pessoas, inclusive das pessoas LGBTI.  A leitura deste livro e seu estudo atento, aberto à transformação, para escutar as vozes da comunidade e das lideranças da Igreja Batista do Pinheiro, poderá ser um farol a guiar novos processos de acolhimento e afirmação da diversidade sexual e de gênero nos próximos anos.

Para uma resenha de um dos organizadores:

Para adquirir, acesse a página do livro na nossa loja: http://interseccoes.com/produto/777/

Foto da capa: Alonso Gonçalves